Skip to main content

Posts

Showing posts from May, 2009

Exclusividade

Tive um dia mais que perfeito, uma noite completa com direito ao melhor do melhor do melhor.

-- Me belisca? Quero saber se ainda to sonhando.

O tempo parou pra mim e eu só penso em reviver novamente esse dia só meu, exclusivo.

-- O que posso dizer?

É como uma nova manchete, ninguém sabe ainda, talvez nem saberão. É confidencial, exclusividade nossa. É meu, só meu.

-- Oi.
-- Ooooiiii.

Você olhou fixadamente em meus olhos e sorriu. Não riu de mim, mas sim para mim. Sorriso bobo, cara de apaixonado. Sorriso sincero, sorriso seu... sorriso perfeito.

clayton pop diz: rs rs

Permaneceu assim até eu pegar no sono. Lembro que suas mãos deslizavam pelo meu rosto. Foi entrega, foi verdade.

-- É...

Não há o que falar, estou sem palavras. É sentimento, é atração. Só a mim você enxergava, era a mim que você cuidava e se doava. Sussurrei baixinho, meio sonolento te deixando...

-- Boa noite
-- Boa noite meu anjo, dorme bem.

Foi a primeira vez que sonhei com você, a primeira vez que você foi minha exclusividade.

Vontade Minha

Quero acordar de manhã com um beijo seu. Rir desesperadamente do nosso jeito “sem jeito” de ser. Dormir aquecido pelo calor dos seus braços. Quero não querer nada além de estar ao seu lado.
Todo esse sentimento louco é verdadeiro, mesmo que só pra mim, mesmo que só pra nós, mesmo que só vontade.

Eu já me pego desafiando a natureza indo ao seu encontro. Faço acordos impagáveis para estar simplesmente presente. Sinto a loucura disso tudo ir acelerando meus batimentos, espero ansioso sua chegada. Mas você não vem, não aparece, não dá notícias.
Tento encontrar em outros olhares algum parecido com o seu. Me questiono o tempo todo se isso é só vontade ou se é realmente pra ser, se é só por um tempo ou se é um simples erro de cálculo. Na minha mente só guardo a imagem da sua partida, só que você nunca chegou, nunca apareceu, nunca deu-me a vida.
Quero acordar amanhã sem nenhuma projeção da indústria. Rir desesperadamente das minhas teses loucas e me inspirar em outras tão malucas. Dormir para s…

Sua Boca

Na sua boca eu viro um sucesso, daqueles apaixonantes que elevam o ego. Que me faz suspirar quando os meus olhos cruzam o seu caminho.
Na sua boca viro escândalo. Passando por várias bocas em um estilo “corrimão”. Todo mundo quer tirar uma casquinha, e ninguém tem coragem de fazer-se presente. Sua ausência é sentida, perceptível.
Na sua boca viro poeta. Inspiro corações apaixonados, faço arder àqueles transformados em pedra e derreto geleiras prontas a serem exploradas. Um novo mundo, uma nova era.
Na sua boca viro petisco, fazendo instigar sua libido. Pensamos sacanagem, vivemos putaria.
Na sua boca eu já não mais me importo se me elevo ou se me rebaixo. Sei que me quer e já não disfarço, mesmo de longe vejo seus lábios chamando os meus.
Na sua boca eu não me defino. Não sou mais eu, só mais um menino igual marionete sendo guiado á perdição.
Da sua boca eu vou desistindo, seu mundo está podre e eu já não respiro. Resolvi dar valor somente ao amor que vem do coração. E a sua boca perdeu.

Diferente Contigo

Não sei dizer se era mesmo isso que um dia eu quis. Não posso relatar em impulsivas palavras se sacrificar minha liberdade valeu mesmo a pena ou se foi só uma vontade infantil.

Não espero que me entenda, não espero que me salve.
Apenas estou alucinado como fato de ter tudo que um dia eusempre quis e de não ter mais nada do que eu considerava necessário.
Você, você e você.
E eu pensei em tudo e não pensei em nada. Refiz os roteiros, acertei os enquadramentos, ensaiei as falas, esqueci do principal, de mim.
Fui seu tapete, fiz de mim sua escada, enxuguei suas lágrimas, fiz calarem enquanto você pronunciava, mas esqueci da peça fundamental, eu.Me perdi na ilusão da sua vida, na projeção do “nós”. Tô diferente contigo e você ta diferente comigo.
Posso não saber no momento ao certo o que eu quero, porémtenho total convicção do que eu não quero.
Você, você e você.
Que tal começarmos a falar de “nós”?

Do Meu Jeito

Cada um tem um jeito de fazer as coisas, cada um marca a gente de uma forma, cada um é especial de alguma maneira.

-- Oi Irene, me faz um favor. Pede para o Tio Hélio abaixar o som. A Lucélia ligou e disse que está muito alto e a concentração aqui você sabe né, está daquele jeito.

Não podemos exigir que as pessoas sejam o que queremos, mas bem que nós podíamos obrigá-las a serem o que sonhamos. Pois é, engraçado isso, vivemos sonhando com os sonhos se realizando... que viagem!

-- Na escuta André qual o pobrema?

Morava em frente ao mar e gostava muito de ficar o observando. Às vezes a situação ficava difícil, mas às vezes era tudo lindo, muito lindo. Não tem muito que comentar, passei dessa fase de querer enxergar os erros minuciosamente. Droga, me apaixonei pelo errado, tão lindo isso!

-- Fabi, preciso de você. Disponível?

Devo me acostumar com o que a minha vida se transformou? Como conviver sem o stress? Como viver agora sem a sua companhia?

Queria saber contar estrelas, viveria ocupado de…

Celebridade

Naquela conversa de outro dia entre nós, em que eu pensava que éramos apenas nós, a platéia se fez presente e a ausência de alguma atitude sua me fez entrar em parafuso. A Luana não acreditou falou pro Cleber que se impressionou mandou pra frente como corrente pra Bia, Clara, Ana, Vicente. Meio cabisbaixo e desapontado passou pro Eduardo e pro Ricardo que gritaram e anunciaram que uma nova manchete ia ser publicada para as mentes diferentes, aquelas mais pobres que reservam seu tempo para falar de pessoas. E eu ainda não sabia...
Sendo vigiado como celebridade e com os paparazzos a minha volta já não pude comer no McDonald’s e nem sair de noite pra não dar mais o que falar. É sempre um tédio o assédio que os curiosos fazem, te rodeiam, te observam querem saber de verdade o que ta rolando, o que vai rolar. Aff que saco, o que ta rolando? Eu ainda não sei...
Havia dias em que eu cansava dos holofotes, queria ser apenas mais um entre os montes, mas mesmo assim ainda conseguia brilhar. Tem …