Skip to main content

Inimigos Declarados

Ainda não consigo agir com a frieza e a imoralidade de pessoas que infelizmente rodeiam o meu habitat. Ainda não consigo entender o que cada um está ganhando em tentar me prejudicar. Honestamente, eu nem tento entender.

Eu sinto os olhares maldosos, a vontade eminente, a raiva transparente e a inveja permanente brotar neles. Tenho consciência que sou diferente e por isso sempre serei alguém que terão prazer em derrubar.

Me entristece tamanho sentimento negativo, sou podado sempre e em todos os sentidos. É proibido dizer as palavras que realmente vêm do coração. Meus colegas de trabalho não são amigos, eles apenas me vigiam e me observam. Amanhã talvez um deles caia em contradição.

Pela primeira vez me vi com vergonha de onde trabalho e do que faço. Se não pensasse tanto nas consequências de meus atos, já não abrilhantava a empresa com a minha aparição. Tudo mudou desde o último ano, pessoas se revelaram, pessoas me decepcionaram, pessoas não sobreviveram...as matei dentro de mim.

Não podia nem falar sobre isso, veja só, lavar roupa suja fora de casa é praticamente traição. Eu necessito das palavras do agora, necessito transformar a angústia em imperfeições e críticas. Droga, minha orelha esquerda não para de queimar, e eu já não me pergunto quem será.

Entendo agora aquela frase "Ninguém consegue 500 milhões de amigos sem fazer alguns inimigos." (The Social Network), o filme sobre o criador do Facebook, o Mark Zuckerberg. Nunca pensei que diria isso, mas eu tenho inimigos. A maioria deles foram amigos, e o pior de tudo, eles realmente estão no plural.


Tento passar os dias ignorando suas presenças mas parece que eu os atraio, eu os instigo. Faz tempo que não relaxo, faz tempo que não me permito me sentir à salvo, faz tempo que não me sinto bem... parece que nunca me sentirei confortável com esta situação. Muitas coisas acontecem sem que eu ao menos perceba. Muitas coisas ainda irão acontecer. 

Entre o amor e o ódio é realmente apenas uma linha, que depois de cruzada não há certeza de retorno. Os respeito como inimigos, não os odeio e nem os elevo mas também não os amo. Qualquer dia desses alguém vence esta guerra e até lá é melhor que eu coloque meu escudo protetor e recarregue minhas armas. Espero que todos nós, um dia, sejamos vencedores.

Popular posts from this blog

O 'Re'Começo

É sempre assim. Inicia um novo ano e logo vem aquela vontade de mudar tudo que nos incomoda. Posso falar? Acho que as vezes (quase sempre) eu me incomodo comigo mesmo. Me chateia esta preguiça imensa de somente querer... Estou em um daqueles momentos introspectivos. Eu me sinto gritar por mudança, me sinto realmente querer mudar. Mas preguiça, preguiça? Como lidar? Eu não quero somente ser um homem inteligente. Quero também um tanquinho que nem aqueles modelos de cuecas que possuem milhões de seguidores. Acho que quero ser mais sexy do que estar certo. Ser certo é chato, ser sexy é prazeroso. É possível hoje em dia ser o que quisermos ser, certo? E se eu chegar até o fim da minha vida sem saber o que quero? Eu sei, esta difícil entender minha cabeça. Mesmo se as frases forem reordenadas e o verbo conjugado corretamente, ainda assim, eu não me entenderia. Será que meu estresse e confusão possui endereço certo? Eu necessito de contas pagas, de respeito, de experiências incríveis, de ab…

Estamos Aí

Às vezes na vida, mesmo que por 1 minuto ou ao menos 1 dia inteiro nós nos frustramos por estarmos onde estamos. É como se quiséssemos uma evolução maior ou até mais rápida. 
Nos frusta tudo. Começa uma sessão de por quês que não conseguimos explicar. Talvez seja um chamado de mudança, talvez o momento de colocar uma vírgula. Mas não é fácil nos aceitarmos 100%.
É como se aceitando isso estaríamos Ok com os erros cometidos, as decepções encontradas pelo caminho, as traições tão óbvias que nos pegaram desprevenidos. 
Deve ser tão pessoal que ao colocar pra fora faz com que isto se torne mais verdade ainda. 
Podia ser apenas um pesadelo né...é...podia...
Eu entendo...mas não quer dizer que aceite. Quer dizer que...se precisar, estamos aí !

Tudo Bem

Quero chegar em casa e ter tempo para escrever no meu velho diário. Me seduzir em frente ao espelho e repetir por diversas vezes "Estou bem" "Tá tudo bem" "vai ficar bem". As vezes sinto falta do eu comigo mesmo, mas não o suficiente para um tempo encontrar-me.
De vez em quando é somente as palavras profundas, que saltam do âmago da alma que podem expressar qualquer inutil opinão. Tá tudo bem meu lindo, ficará tudo bem querido.
Boa noite!